terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Eu me divirto com as curvas acentuadas deste nossos caminhos incertos, me divirto com a embreagues que ela causa e com a inconstância dos meus passos. Não me privo de idéias, nem de medos.

2 comentários:

C disse...

Ai, amei.

Dayane Mendes Rezador disse...

Li, suas palavras dançam em uma sincronia linda, poesia pura!