segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

Você é a calçada em mim.


Eu gostaria de poder fingir, brincar de esquecer, de esvair tudo e deixar que vá embora.
Mais eu não consigo... Porque todas as vezes que eu olho pras calçadas, lindas e sujas eu me lembro de você... Você é exatamente como elas, são coloridas em desenhos desalinhados e me fazem ficar fixada, olhando sempre pra elas..por mais que as folhas e flores das árvores sejam bem mais bonitas e limpas, é pra essa calçada suja que eu sempre olho quando estou caminhando. E você é assim, sujo... mais cativante, desalinhado e desordenado, me deixa confusa e sem chão. Talvez eu queira um último abraço seu e nada mais.

7 comentários:

Jude disse...

Eu gostei do lado sujo da história. Sem hipocrisias, o amor nem sempre é flores. E nem tem que ser.

Saudades dades dades.

* Jé Bigon disse...

Liizi (:
ad² tb
'eu gostaria de poder fingir' [2]

adorei. :**

Caaa :) disse...

É lindo pra caralho. Mas não pense que você vai escapar dos meus tapas por causa disso. IUOEAOUIAEUIO :D

AMOVOCELIZI <3

ninaoumah disse...

foi bem bom o jeito que vc descreveu tudo. foi bem exato, pra falar a verdade.
amei.

Caaa :) disse...

Voce viu? Mudou. Gostou?

Pati :) disse...

Eu já tinho lido isso faz tempo, Lizi, mas nunca comentei. Gostei bastante e adorei a comparação.

Liizi :) disse...

Isso aqui, nem faz mais sentido algum. UHAAHUAUHAUHAUHSAUHAS :s