sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Se isso não é amor, o que mais pode ser?


Porque distâncias são meras pedras, são fagulhas que nos interrompem. São ciclos vividos, são fases passadas, são caminhos novos a percorrer. São luminárias acesas para um novo começo em um novo destino.

Distância alguma separa o que é guardado, ausência alguma muda aquilo que fica por dentro.

E depois de todos esses nossos anos, depois de tanta coisa vivida juntos, depois de risos e choros, de espontaneidade, sinceridade, coragem, depois dessa nossa união, do nosso apego, afeição, depois de tantos abraços, conselhos, depois da família reunida, dos amigos feitos, de todas as bobagens faladas, de tantas besteiras feitas, depois de tudo compartilhado, de tudo contado, de exatamente T U D O acompanhado e depois da despedida o que nos resta a pensar é que ainda há muita coisa pra viver.

É uma página que viramos, e viramos juntos, nós nunca fizemos nada que o outro não soubesse, nós nunca fizemos uma piada sem que isso se espalhasse, nós nunca conseguimos não sentir falta um do outro, nós nunca conseguimos ficar sozinhos, nós nunca conseguimos pensar só em nós e não pensar no todo, nós nunca fizemos planos que não incluísse o bando inteiro, nós nunca sequer pensamos o quanto seria doloroso dizer um tchau, porque dizer adeus não é de se cogitar e não é agora que isso está sendo feito.

Essa nova vida é apenas uma longa passada, porque os corações estarão sempre juntos, porque os planos pro futuro continuam sempre seguindo a mesma trilha de pensamento, será sempre uma trajetória com integrantes permanentes, será sempre uma mão no bolso e a outra fazendo um grande circulo, entrelaçando braços, sem nunca estar com os vãos dos dedos vazios.

Não importa se mais dez pessoas importantes apareçam na nossa estrada, não importa o quanto os outros nos façam felizes, porque juntos nós somos I N S U B S T I T U Í V E I S. Juntos nós temos força pra seguir em frente, juntos nós temos todo o tempo do mundo, juntos nós somos completamente quem nós queremos ser, juntos nós somos os mais felizes possíveis e isso não vai mudar. N U N C A.

O que é nosso está guardado. O que é nosso será S E M P R E nosso. E trazemos isso com o coração. Porque distâncias são meras pedras no caminho... E o nosso amor...O nosso amor está acima das coisas desse mundo!

- Se isso não é amor, o que mais pode ser?

6 comentários:

Caaa :) disse...

Ai, que triste, que lindo, que foda.
Eu amo vocês todos.

disse...

ai lizi, eu chorei litros.
eu concordo.
eu concordo muito.
eu precisava ouvir/ler isso tudo sobre a distância, pq apesar da certeza que há dentro da gente, é sempre muuuito difícil lidar com separações (mesmo que elas sejam meramente de espaço- pq de alma, nunca.)

te amo, amo todos vcs.

Pati :) disse...

Ver vocês e a Má, ouvir as histórias de você e, ainda mais, ler esse texto me dá uma inveja de não ter primos chegados. Para ter tudo assim tão junto, tão numa coisa só e tão bonita. :) - Oi, Lizi! HAHAHAHAHA.

Pati :) disse...

Ah, tudo bem sim, Lizi. Já tinha te adicionado no meu mesmo! :P HAUUHAUAHAU

Caaa :) disse...

No meu você não comenta, né vaca?
Não, beleza! Fica com a Pati então!

Jazz • disse...

coisa linda :')

que saudade ! ♥